Paris

Ana Sofia Almeida – IÉSEG School of Management (Gestão)

A minha experiência Erasmus foi academicamente exigente e culturalmente muito interessante. Apesar dos pontos menos favoráveis relativos ao meu destino, como o custo de vida algo elevado e a dificuldade na obtenção de equivalências conjugada com o conflito de horários em várias cadeiras, creio que os pontos positivos se sobrepuseram largamente aos negativos. Embora o ensino na faculdade de destino tenha sido sempre conduzido em inglês, é importante referir a necessidade de domínio básico da língua nativa (francês) para as atividades do dia a dia. O processo de integração da IÉSEG foi muito eficiente e em pouco menos de duas semanas já todos os alunos de intercâmbio se conheciam. O ensino, por ser exigente, deixava geralmente algumas tardes livres, mas consumia uma grande percentagem de tempo para trabalho individual fora das aulas. A avaliação era sempre contínua, o que implicava um esforço menos concentrado / mais disperso no tempo. Apesar de muito diferentes dos da FEP, os métodos de ensino na IÉSEG eram muito variados e práticos, envolvendo os estudantes no conteúdo ensinado e encarando de forma mais descontraída a relação aluno/professor. O alojamento será sempre complicado tratar, pois a procura é muita! Compensa procurar com antecedência e em várias fontes (não só pela faculdade). De resto, aconselho Paris por ser um destino culturalmente muito diversificado e que certamente oferecerá muito mais do que a parte académica!